Você sabe o que é efeito sanfona?

- Cristiane - - 2 de julho de 2014 | - 8:59 - - Home » 14ª Edição» Mais Glória» Nutrição - - Sem Comentários

nutricao Não, não é uma nova musica de forró, tem gente tocando sanfo­na por aí e nem sabe.

O efeito sanfona ou ioiô como também é conhecido, é o fenômeno de perder e ganhar peso repetidas vezes ocorrendo normalmente com pessoas que praticam dietas da moda ou “mila­grosas” como: a dieta da lua, do líquido, da atriz fulana de tal, do Dr. Tal, ou fazem uso de medicamentos para emagreci­mento sem acompanhamento profissio­nal em ambos os quesitos. Essa conduta promove sim perda de peso rápida mas, assim como se perdeu, se acha novamen­te de forma tão ou mais rápida.

A verdade é que o processo de emagre­cimento apresenta grande influência na manutenção do peso. Após uma dieta de restrição drástica, o risco de aumentar o peso de gordura corporal é muito maior porque não houve um processo de ree­ducação alimentar.

Você está tentando interferir no controle do funcionamento de uma máquina per­feita!

Reduzir drasticamente a alimentação pro­voca alterações dos níveis de hormônios como, a redução de leptina (encarregado de produzir saciedade) e aumento as con­centrações de grelina (produzido no estô­mago com função de estimular o apetite), levando a recuperação rápida do peso perdido e entrando no efeito sanfona.

Para que a perda de peso seja mantida é necessário que haja o controle de vários fatores dentre os quais o estabelecimen­to do equilíbrio funcional em todo o or­ganismo, para adaptá-lo a nova realidade, de estar mais magro. Se o processo for muito rápido, o organismo não consegue se adaptar e as chances de ganhar o peso de volta e muitas vezes ganhar esse peso em dobro são enormes. Além do que o emagrecimento rápido gera perda da massa magra ou seja, músculo e ainda diminui seu metabolismo basal (que é o que gasta energia necessária para o or­ganismo funcionar em repouso) e aí você estará flácido e gastando menos energia.

Mas, não é apenas uma questão de peso!

Este emagrece/engorda constante esta associado a uma gama de patologias e disfunções metabólicas que vão de hiper­tensão arterial, aumento do colesterol, enfermidades da vesícula biliar, alguns tipos de câncer como de mama, além de riscos de deficiências nutricionais le­vando a anemias, baixa resistência imu­nológicas, aumento da suscetibilidade a infecções.

Além disso, é comum o efeito sanfona provocar maior deposição de gorduras na região abdominal, sendo que o excesso de gorduras nessa região está envolvido com o maior risco de desenvolver diabe­tes tipo II, síndrome metabólica e doen­ças cardiovasculares. Ainda, o efeito iô-iô pode desenvolver transtornos comporta­mentais e problemas psicológicos, como a depressão, que acaba por desencorajar a pessoa a alcançar uma perda de peso efetiva.

Cristiane

Por: Cristiane Baungartner

Residente e natural de Curitiba/PR, formada em Nutrição Clínica pela PUCRP, UFS - (Universidade Federal de Sergipe)

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Você sabe o que é efeito sanfona?