Sobre heróis e homens de verdade.

- Vanne M. Santiago O. Machado - - 17 de novembro de 2016 | - 4:25 - - Home » 26ª Edição» Homenagens - - Sem Comentários

carlos-albertoQuando somos crianças, nos encantamos com os super heróis. Sonhamos com os poderes de ajudar as pessoas e salvar o mundo. Mas a medida que vamos crescendo, percebemos que os heróis não existem, e o que precisamos são de bons exemplos. Os super heróis de verdade são os homens de caráter, os que tem o coração cheio de amor e o sonho de fazer do mundo um lugar melhor. Deixamos os heróis dos quadrinhos de lado para admirar o homem de bem, o trabalhador que nunca desiste, o pai de família que educa seus filhos, o marido que respeita sua esposa, o cidadão que vive com retidão. E no meio de um mundo que se perde tão fácil em superficialidades, mentiras e ilusões, é uma benção termos esses bons exemplos a nos inspirar por onde caminhar.

Esse texto é para falar de um bom exemplo. Quem conhece o Dr. Carlos Alberto, vai entender o que eu estou dizendo. Como profissional, lida diariamente com a maior realização que uma mulher pode sentir, que é ser mãe. O universo feminino já não é algo muito fácil de se compreender, e navegar por essas águas é para poucos. A mulher-mãe, enquanto vive o momento da gravidez, é um poço de sentimentos, sonhos, medos, expectativas. E o Dr. Carlos Alberto, com sua inteligência e dedicação, recebeu o dom de acolher e caminhar com essas mulheres, de uma maneira natural e com segurança, para chegar ao momento de “dar a luz”. Particularmente, eu gosto muito dessa expressão, pois de fato uma criança que nasce é mais uma luz a brilhar nesse mundo. E ser o instrumento facilitador desse momento já faz de Carlos Alberto um herói para muitas crianças, mães, pais, avós, tios, famílias inteiras que sentem essa gratidão. Eu mesma nasci por suas mãos, e assim também minha filha.

Mas não falemos apenas do médico-obstetra. Carlos Alberto é um estudioso, com sede de conhecimento, e da verdade. Ele gosta de ler, e muito. Não vou falar da quantidade de livros que ele já apreciou, pois não caberia aqui. O hobby dele, quando está descansando, é estudar. E nesse estudar, existe uma entrega que nunca vi igual. Ao adentrar o mundo do conhecimento, Carlos Alberto descobriu uma doutrina que lhe trouxe muitas respostas, mas com certeza, muito mais perguntas. Conheceu o espiritismo, que abriu as portas de nossos conflitos mais íntimos enquanto humanos: quem somos, por que estamos aqui, por que o mundo funciona do jeito que é. Por que dói tanto. E aqui ganhamos mais uma benção, pois esse homem estudioso entrou de cabeça em tentar entender essa doutrina. E ele tem a bondade e a paciência de nos explicar o que ele mesmo está aprendendo, através de suas palestras cada dia mais tocantes e profundas. Um homem como ele não ficaria na superfície, ele vai fundo para nos levar a pensar, refletir, e principalmente, a querer mudar.

Eu tenho a honra e a alegria de poder falar algo mais sobre o Dr. Carlos Alberto e sobre o Palestrante Carlos Alberto. Porque pra mim, ele é Tio Carlos. Ele é o tio que atrapalha todas as fotos dos almoços de domingo, faz caretas e cutuca todo mundo (é verdade!). Tem um senso de humor ímpar. Ele é um pai presente e amoroso, e tenho certeza de que seus filhos diriam aqui que ele é o melhor amigo que poderiam ter. Já ouvi minha prima comentando que preferia levar uma surra a ter que enfrentar certas broncas e conversas que, quando é necessário, ele dá. Porque é difícil não se render à sua autoridade quando se trata do que é correto, verdadeiro e justo.

Então, eu acredito que depois de certa idade, não precisamos mais de super heróis. Mas com certeza, precisamos de mais homens como este, que trazem muita luz nesse mundo tão necessitado de bons exemplos. E o melhor de tudo é que ele é isso tudo que tentei destacar, mas isso é só um texto de homenagem. Na verdade ele é esse homem de carne e osso, assim como eu e você, que sente raiva, medo, angústia, que sofre, passa por perrengue, tem preguiça, erra, acerta, se irrita, fica sem escovar os dentes de vez em quando, deixa o quarto bagunçado, pede desculpas, chora, ama e sorri. E luta sempre. O valor do bom exemplo não está na grandeza do ato, e sim na simplicidade. O bom exemplo é aquele que podemos aprender e fazer igual. Obrigada, Tio Carlos, por nos mostrar que podemos ser como você.

Vanne M. Santiago O. Machado

Por: Vanne M. Santiago O. Machado

Formação em Publicidade
e Propaganda – Unit.
Formação em Psicologia – UFS/SE

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Sobre heróis e homens de verdade.