Quatro anos a semear Mais Glória

- Euvaldo Lima - - 15 de agosto de 2016 | - 5:26 - - Home » 22ª Edição» Mais Glória - - Sem Comentários

De costas para o tempo
De frente para memória
Sentado ao lado do vento
Compilando a nossa História
A exatos quatro anos
Inovando velhos planos
Consolidando a Mais Glória

Os dados condizem vitória
Vigésima segunda edição
Divulgando glórias de Glória
Proezas do meu sertão
Por quatro anos seguidos
Mostrando sonhos vividos
Por quem faz a região

E vimos de mão em mão
Neste período citado
A revista de Glória
Do Sertão do meu estado
Entre páginas coloridas
Dando vida a quem deu vida
Sem precisar de recado

Sinto-me lisonjeado
Cumpridor do meu papel
Embora o brilho da marca
Que vai alem do pincel
Deve-se aos bastidores
A um grupo de senhores
Qual tiro o meu chapéu

Como nada vem ao léu
Ou por acaso acontece
A grande parte do brilho
Que em todas aparece
Vem de Carlos da COHAB
Do cabra que tudo sabe
Mas nem sempre aparece

Outros também enaltecem
São lumes que nos acende
Alenna, Ramon Baianinho
Sandra, Junior, Mateus Rezende
A equipe de redatores
E os patrocinadores
De quem a gente depende

E essa ideia se vende
Pelo prazer em divulgar
O crescimento regional
As estrelas do lugar
O que aparece de novo
A pujança de um povo
Que nasceu para brilhar

Como foi belo exaltar
Os imortais: padre Gregório
A matriarca glóriense
Dona Nair do cartório
E um gigante moreno
Por nome de Zé pequeno
Qual admiro e adoro

Registramos alguns casórios
Muitas figuras brilhantes
Do gari ao empresário
Dos botecos aos restaurantes
Carroceiros e lojistas
Construtores da revista
Nas páginas mais importantes

E entre os representantes
Todos os prefeitos de Glória
Os que deixaram suas marcas
Indo alem da vitória
Também os que foram eleitos
Por pouco tempo ou um pleito
Foram citados na Mais Glória

E relembrando aqui agora
Sempre citamos vereadores
Secretários, Deputados
Estes nossos servidores
Eleitos ou indicados
Pra estarem ao nosso lado
Dando atenção aos clamores

E fieis aos seus valores
Os produtores da Revista
Sempre deixaram um espaço
Pra expor nossos artistas
Nossas cores em tons fortes
Arte cultura e esporte
Teve faixa em nossa pista

Com a felicidade à vista
Iolanda reciclou papel
Davi criou paredão
Wagner pintou sonho e céu
Junior Leonio arte em ferro
Plantou obra como um berro
A quem feriu seu anel

Divulgamos nosso pastel
Nossas melhores Receitas
As melhores escolinhas
Os judocas faixa preta
A equipe pé de bala
Que com os pés assinala
Nossa força no planeta

Com aval desta caneta
A nossa bacia leiteira
Sempre teve um espaço
Desde a edição primeira
Assim o plantel bovino
E os nossos Laticínios
Fizeram a nossa bandeira

E em tons de brincadeira
Por carinho e obrigação
Cícero Alves o Veio
Nosso imortal artesão
Enobreceu nossa História
Foi capa da Mais Glória
Na segunda edição

E com muita satisfação
Mostramos os nossos vaqueiros
Foram capas, foram temas
Contemplamos esteireiros
E todos que amam o gado
Não só em nosso estado
Mas pelo Brasil Inteiro

E com um olhar certeiro
Sete escudos da cultura
Em reunião as pressas
Na praça da prefeitura
Tava a Revista Mais Glória
Poetizando a sua História
Com exclusiva cobertura

Em visita a uma figura
Boa e nobre simpatia
O famoso Homem Livro
Sugere, cobra e se cria
No sertão do meu estado
A primeira Academia

Revendo com simpatia
Essas obras da Mais Glória
Vamos ver que tudo enfim
Ilustra a nossa História
São valores consumados
Todos vocacionados
A trazer glórias para Glória

Meus senhores e senhoras
Assinantes, leitores, artistas
Ilustres patrocinadores
Sois os pilares da Revista

Gostaria de neste instante
Legar com muita humildade
O nosso reconhecimento
Regado de felicidade
Inclusive agradecendo
A toda sociedade
Euvaldo Lima
Redator Chefe

Gostaríamos de neste momento em que celebramos o nosso quarto ano de existência, agradecer a Câmara de Vereadores de Nossa Senhora da Glória/SE, pelo primeiro prêmio da imprensa da cidade, concedido a REVISTA MAIS GLÓRIA, nas pessoas dos vereadores: Astrogildo da saúde, vereador Dudu, Flavio do PT, Ivone das Aningas, Junior Gazeta, Maisa Feitosa e Tatiu de Humberto Ribeiro.

Euvaldo Lima

Por: Euvaldo Lima dos Reis

Comerciante, Poeta Feiranovense, Esposo da Pedagoga Marta Maria da Silva Reis, divide com Deus a paternidade de quatro estrelas denominadas, LIZZE, BRIZZA, KAIPPE e KAIZZE. Autor do livro de poesia um sopro em versos, de dezenas de cordéis, participou das antologias, Retalhos, Unidos na Fé, e no mês 02/12, classificou 04 das cinco poesias num concurso no Tocantins á nível de Brasil, qual será publicada na antologia “Veloso 2012”, Foi um dos diretores da revista flash, membro das diretorias de diversos órgãos sociais voltados para o voluntariado na região, idealizador e diretor geral do projeto Revista Maisglória.

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Quatro anos a semear Mais Glória