Plantão do Humor #10

- Lohan Lima Oliveira - - 11 de junho de 2014 | - 10:39 - - Home » 10ª Edição» Humor» Mais Glória - - Sem Comentários

 humor10O plantão desta edição está recheado de fatos po­líticos, afinal esse mensalão e a espionagem es­tadunidense ainda repercutem bastante. Vamos começar falando sobre o recurso aceito pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no julgamento do mensalão me­diante embargo infringente, quando são reconsideradas al­gumas partes do processo. Depois da votação empatada, o voto decisivo foi o do ministro Celso de Mello que se apre­sentou favorável ao recurso. Com isso, a reprovação popular foi altíssima e há quem diga que, aproveitando o respaldo da constituição, Fernando Collor queria apresentar o mesmo re­curso para anular o seu impeachment. Então se é pra recor­dar, ao invés de caras-pintadas, Susana Vieira lidera o protes­to contra o recurso através do movimento “caras-puxadas”:

Pensando na grande audiência com a decisão do STF, a TV Globo comprou os direitos de transmissão do julgamento. A apresentação ficou por conta de Galvão Bueno que gravou as chamadas desse grande evento ao seu estilo: “É o voto de Minerva, amigo. Aqui não tem espaço para novato. Haaaaaa­aaaaja coração!”. Após o voto do ministro, Galvão abraçou Zé Dirceu e disse: “Craque que é craque não fica fora de campo”.

 Enquanto isso na Casa Branca o presidente Bara­ck Obama ao ser perguntado sobre o voto do ministro Celso de Mello respondeu com um sorridente “Eu já sa­bia!”. Disse ainda que acatou o conselho do seu assessor em guardar segredo, visando não agravar ainda mais o caso de espionagem. Falando nisso, a presidenta Dilma se revoltou novamente com as espionagens e cancelou o pedido do Mc Lanche Feliz. Só restou do seu lanche pre­dileto essa foto de recordação:

Vamos falar de saúde pública, pois os médicos es­trangeiros já estão por aqui. A chegada calorosa com manifestações tanto pró quanto contra aconteceu em várias cidades do país e em Aracaju não foi diferente. Ao serem abordados pelos repórteres, os cubanos disseram que vieram pra cá pelo delicioso caranguejo e que conhe­ciam uma famosa expressão nossa: “fio do cabrunco!”. E pra finalizar, vejam como os médicos estrangeiros estão aprendendo o português:

 Até o próximo encontro!

(As notícias expostas aqui possuem partes fictícias)

Agradecimentos ao Blog do Simão e à Revista Piauí.

Lohan Lima Oliveira

Por: Lohan Lima Oliveira

Natural de Nossa Senhora da Glória, onde nasceu em 1991. Filho dos comerciantes Domingos Alves Oliveira e Gilvanete Romão Lima morou até 2003 na cidade natal quando se mudou para Gararu. Nessas duas cidades conviveu no universo comerciário e escolar, este último que deu impulso para seus trabalhos de humor. Apesar de amadoras, suas aparições em peças teatrais arrancavam algumas risadas, o que fez o mesmo se interessar mais pelo humor de modo geral. Atualmente, reside em Aracaju e cursa Geografia na Universidade Federal de Sergipe.

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Plantão do Humor #10