O Cinema do Tim Burton

- Anthony Ribeiro - - 10 de junho de 2014 | - 10:45 - - Home » 9ª Edição» Mais Glória - - Sem Comentários

 Tim_Burton521O desenvolvimento do ci­nema de uns tempos para cá tem se dado de forma rápida, dinâmica e incri­velmente diversificada: A torrente de novos gêneros e subgêneros jorra dos telões para o público de forma infindá­vel. Em meio à numerosa população de novas abordagens cinematográfi­cas, se destacar tem se tornado cada vez mais difícil de forma que, a certa altura do processo, muito do material acaba por se tornar repetitivo. Diretor e produtor de várias películas famosas e aclamadas, Tim Burton é pioneiro em chamar a atenção da audiência. Sua popularidade, entretanto, é muito bem justificada por uma estética úni­ca que explora desde coloridos contos fantasiosos a verdadeiros espetáculos de sobriedade e penumbra.

Apesar de sua forma transitória de trabalho, a constante teatralidade de Burton é identificada até mesmo em suas obras mais diversificadas. Este “quê” non-sense é inserido nos mais improváveis cenários e é justamente o que encanta públicos de todas as ida­des. A utilização de personagens luná­ticos e caricatos já é marca registrada do diretor, principalmente em suas parcerias com o ator Johnny Depp em filmes como Edward Mãos-de-Tesoura e Sweeney Todd: O Barbeiro Demoní­aco da Rua Fleet.

A genialidade de seus trabalhos pode ser notada em sua versatilida­de. A estética de Tim, apesar de quase sempre estar ligada a cenários escuros e enredos sobrenaturais varia cons­tantemente. Uma de suas primeiras obras, As Grandes Aventuras de Pee­-Wee (1985), por exemplo, traz um ce­nário de cores vibrantes e um enredo humorístico que, comparado a seus filmes de maior popularidade, destoa totalmente do conjunto.

Com sua forma de abordagem única, Tim Burton consegue visivel­mente atrair todo tipo de público e agradá-los em qualquer roteiro ou ce­nário. Seu legado certamente marca grandes momentos do cinema con­temporâneo e é reconhecido por mé­ritos justos. Ainda há muito o que se esperar do cinema burtoniano, mes­mo sem saber o que esperar de fato.

Anthony Ribeiro

Por: Anthony Ribeiro

Estudante de Química e simpatizante das artes

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: O Cinema do Tim Burton