Familiares de vítimas de trânsito realizam pedágio educativo em Nossa Senhora da Glória

- Euvaldo Lima - - 25 de junho de 2014 | - 11:52 - - Home » 12ª Edição» Mais Glória - - Sem Comentários

smtt

Os familiares de Paulo Gus­tavo Alves de Melo de 4 anos, vítima fatal de um crime de trânsito, em 03/04/2013 (na rodovia que liga Nossa Senhora da Glória à Monte Alegre – próximo a Casa do Doce) e de Luiz Maria de Melo (Cabo Melo), vítima fatal do trânsito no muni­cípio de Areia Branca, em 19/11/2013, juntamente com os pais de Sanmuel N.D.S. Leite Batista de Medeiros, de 25 anos, também vítima fatal da irrespon­sabilidade no trânsito, em 09/06/2013 (na rodovia José Sarney – Aracaju), rea­lizaram no dia 01/03/2014 um Pedágio Educativo, com a parceria da Polícia Civil e SMTT, para alertar os conduto­res sobre a responsabilidade que recai sobre eles ao conduzirem veículos. O pedágio marcou também a passagem de 1 ano da morte do garoto Paulo Gustavo e foi mais uma ação realizada pelos familiares das vítimas citadas que mesmo sofrendo com a dor da perda dos entes queridos, acreditam que é preciso lutar para que esses casos não caiam no esquecimento e sejam trans­formados, apenas, em mais um núme­ro nas estatísticas de tantos crimes de trânsito.

Os familiares das vítimas alerta­ram para a consciência no trânsito que é dever de todos, sendo o condutor a parte principal, pois de suas ações e atos resulta um trânsito de paz ou de violência.

A imprudência, a mistura de ál­cool e direção, a falta de respeito aos limites de velocidade, a distância de se­gurança entre os veículos, o não uso do cinto de segurança, entre outros, são os principais fatores que contribuem para tantas mortes no trânsito e quando se age dessa forma NÃO É ACIDENTE. É CRIME. Os familiares esperam que os responsáveis sejam punidos com ri­gor, pois quando não há punição para os responsáveis pelas mortes no trân­sito, a violência só tende a aumentar. É o que podemos observar nas estra­das sergipanas, que só no último ano (2013) registraram 2.881 “acidentes”. Na Rodovia em que Paulo Gustavo foi morto, ocorreram 12 “acidentes” que deixaram um saldo de 10 vítimas fatais.

“A violência no trânsito além de tirar a vida de um ente querido, acaba com sonhos, destrói famílias inteiras e deixam sequelas graves para os que fi­cam”, relatam os familiares das vítimas.

Euvaldo Lima

Por: Euvaldo Lima dos Reis

Comerciante, Poeta Feiranovense, Esposo da Pedagoga Marta Maria da Silva Reis, divide com Deus a paternidade de quatro estrelas denominadas, LIZZE, BRIZZA, KAIPPE e KAIZZE. Autor do livro de poesia um sopro em versos, de dezenas de cordéis, participou das antologias, Retalhos, Unidos na Fé, e no mês 02/12, classificou 04 das cinco poesias num concurso no Tocantins á nível de Brasil, qual será publicada na antologia “Veloso 2012”, Foi um dos diretores da revista flash, membro das diretorias de diversos órgãos sociais voltados para o voluntariado na região, idealizador e diretor geral do projeto Revista Maisglória.

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Familiares de vítimas de trânsito realizam pedágio educativo em Nossa Senhora da Glória