Com direito a “selfie” de grandes atores, Oscar 2014 premia 12 anos de escravidão e diretor latino

- Kaippe Arnon Silva Reis - - 26 de junho de 2014 | - 12:52 - - Home » 12ª Edição» Mais Glória - - Sem Comentários

selfieoscar

Em data atípica devido às Olimpíadas de Inverno, o Oscar aconteceu no pri­meiro fim de semana de março chocando com o carnaval e não sendo transmitido ao vivo pela Rede Globo, apenas um compacto na segunda-feira. Muito justo uma data incomum para um Oscar tão incomum que assim aconteceu devido, principal­mente à host da noite, a apresentadora Ellen Degeneres.

A comediante e apresentadora começou a noite fazendo um stand up sobre os indicados e convidados da noite e no final ela comentou que as possibilidades de vencedores eram: 1- “12 Anos de Escravidão” ou 2- todos ali eram racistas. Dito e feito, talvez pelo teor o filme talvez pela consciência que os americanos têm sobre esse assun­to, “12 Anos de Escravidão” venceu o prêmio mais importante da noite, o de melhor filme. Mas, a noite deixaria para o final uma das categorias mais dis­putadas da noite, a de melhor diretor. Nesta categoria quem saiu vencedor o primeiro latino a vencer na categoria, o Alfonso Cuarón que ganhou pelo filme Gravidade, que ganhou em outras seis categorias, todas técnicas.

Ellen Degeneres fez uma apre­sentação inferior a outros hosts que já passaram pela premiação porém que marcou a história do Oscar. Estando muito mais na platéia que no palco, ela fez piadas com a fome dos presen­tes e rendeu uma cena que raramente veríamos inclusive nos filmes: Meryl Streep comendo pizza e sendo servida por Brad Pitt. Este foi um momento de merchandising da Coca-Cola da noite e provou que esta plataforma da publi­cidade pode sim ser engraçada e des­contraída.

Outro merchandising que fez su­cesso foi o da Samsung que fez a Ellen tirar fotos e tuitar do meio do palco. Além disto, o aparelho dado à apre­sentadora foi responsável por ela que agora provavelmente é a selfie, nome dado às fotos tiradas por aqueles que estão nela, mais famosa do mundo. A foto consistiu em nada mais nada me­nos que uma dúzia dos mais famosos atores juntos parecendo àqueles ami­gos que se reúnem para comer ham­búrguer e conversar. Passando pela primeira vez a marca de um milhão de RTs, esta é a foto mais retuitada da his­tória ultrapassando a foto postada pelo Obama após sua reeleição.

Na parte das homenagens pós­tumas, o documentarista brasileiro Eduardo Coutinho foi lembrado pela Academia por ter feito o filme “Cabra Marcado Para Morrer”.

Kaippe Arnon Silva Reis

Por: Kaippe Arnon Silva Reis

Comunicador formado pela Universidade Federal de Sergipe e artista nas horas vagas.

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Com direito a “selfie” de grandes atores, Oscar 2014 premia 12 anos de escravidão e diretor latino