Campus do Sertão: “Luta foi importante para que esse sonho se concretizasse”, diz João Daniel

- Edjane Oliveira - - 16 de agosto de 2016 | - 6:17 - - Home » 20ª Edição» Mais Glória - - Sem Comentários

inc_thumb3Foram dez anos de luta, muitas mobilizações, atos, reuniões, juventude e população na rua para que, enfim, o povo do Sertão de Sergipe tivesse a felicidade de ter um Campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) em sua região. A realização da aula magna, que aconteceu no dia 29 de setembro, selou essa importante conquista. O deputado federal João Daniel (PT), que desde o início esteve junto lutando para que isso acontecesse, participou do importante ato e destacou o significado daquele momento. “A chegada da universidade ao Alto Sertão é uma vitória de muitos anos de luta da juventude, Território e movimentos sociais”, declarou.

A aula magna foi proferida pela presidenta do Incra, Lúcia Fálcon, e foi realizada na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Nossa Senhora da Glória, município que abrigará o Campus. O parlamentar fez questão de registrar esse momento na Câmara dos Deputados. “Essa foi uma luta histórica que sempre estivemos junto e ficamos muito felizes com a conquista desse Campus da UFS. Parabenizamos todos que também lutaram por isso. Este é mais um campus para a juventude brasileira, em especial a sertaneja”, disse. Nesse primeiro momento serão 200 alunos estudando no campus da UFS no Sertão, nos cursos de Engenharia Agronômica, Zootecnia, Medicina Veterinária e Agroindústria.

Trajetória

João Daniel relembrou o histórico de luta para que esse sonho antigo se concretizasse. Exatamente uma década. Em 2005, um documento com mais de 40 mil assinaturas de pessoas da região foi entregue ao então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, reivindicando essa ampliação da oferta de ensino superior, através da instalação de um campus. Em agosto de 2011, um grande ato foi realizado, em Glória, com presença significativa da população, quando foi assinado um termo de compromisso por gestores públicos da região, parlamentares e representantes de diversos setores do Estado e da UFS, ato este que teve a ajuda de João Daniel na sua construção.
O deputado lembrou que já em 2013, no dia 16 de março, durante a visita do então governador em exercício, Jackson Barreto, ao município de Poço Redondo, foi entregue pela juventude uma carta pedindo apoio para a implantação do campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) no Alto Sertão. Na ocasião, o governador se comprometeu a marcar audiência com o então ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e acompanhar essa solicitação. Meses depois essa audiência aconteceu em Brasília, da qual João Daniel participou, e o ministro garantiu que seria implantado o campus no sertão sergipano. Ele destacou a importância da mobilização dos movimentos sociais, como o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), e toda sociedade.

“Por isso temos hoje a felicidade de saber que os jovens do sertão de Sergipe têm a possibilidade de estar estudando em uma universidade pública, na sua própria região. De parabéns o povo lutador do sertão de Sergipe e temos certeza que a chegada do campus da UFS vai promover, cada vez mais, o desenvolvimento dessa região que abriga a maior bacia leiteira do Estado, além de ser responsável por significativa produção de milho e feijão”, afirmou.

Edjane Oliveira

Por: Edjane Oliveira

Jornalista graduada pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), assessora de imprensa do mandato do deputado estadual João Daniel (PT), repórter da Agência Alese e autora do blog Conversinha de Mãe (www.conversinhademae.com.br).

Enium Interativa Criação de sites

Deixe seu comentário!

Para: Campus do Sertão: “Luta foi importante para que esse sonho se concretizasse”, diz João Daniel